Desenvolvendo indivíduos coletivamente

Quando Jesus deu a ordem de se fazer discípulos (Mateus 28.19, 20) também orientou que fazia parte do processo de discipulado ajudá-los a guardar tudo o que havia ordenado. Ao longo do Novo Testamento, vemos esses discípulos se estruturando em igrejas locais que são apresentadas como o lugar de desenvolvimento espiritual. As cartas escritas pelos apóstolos mostram que as orientações para seguir a vida cristã têm como pano de fundo a vida em comunidade. Dessa forma, vamos analisar a importância da igreja nesse processo. A igreja é o lugar de aprender com os outros Primeiramente, o crescimento espiritual está diretamente relacionado com aprender da Palavra de Deus (2 Timóteo 3.16, 17) e conhecer mais de Cristo (2 Pedro 1.3, 4). Dessa forma, a pregação da Palavra de Deus é a forma primária de recebimento desse conteúdo transformador, essencial para a vida do discípulo (Romanos 10.17). Por mais que a tecnologia tenha facilitado o acesso a conteúdos bíblicos, esses meios não substituem a igreja local. Ela potencializa esse aprendizado por vários meios: a pregação pelos pastores, o aconselhamento bíblico, reuniões de oração, reuniões de pequenos grupos, entre outros. A segunda forma de aprendizado é por meio da observação da atitude prática das pessoas, ou seja, como elas lidam biblicamente com as situações do dia a dia. Paulo orienta os irmãos da igreja de Corinto, por exemplo, a serem seus imitadores (1 Coríntios 11.1). Hoje, nós também podemos desfrutar dessa realidade ao observarmos homens piedosos e mulheres piedosas nas nossas igrejas. O convívio com pessoas piedosas e mais experientes serve para nos motivar a crescer em santidade. A igreja é o lugar de ser exortado por outros O coração humano é mais enganoso do que qualquer outra coisa (Jeremias 17.9), de forma que nossa tendência natural é não perceber os nossos erros. Se estivermos caminhando sozinhos na vida cristã, é bem provável que raramente sejamos confrontados com os nossos pecados e, assim, não cresçamos espiritualmente. O convívio na igreja permite que você seja amorosamente guiado por outros (Gálatas 6.1, 2). É por meio do apoio de outros cristãos em sua vida que você poderá ver os seus erros, abandonar os seus pecados e poderá ajudar outros a enxergarem os seus próprios pecados (Mateus 7.1–5). Portanto, é importante estar em uma igreja saudável para ser um discípulo que cresce de forma saudável. A igreja é o lugar de exercer mutualidades Por fim, estar na igreja é essencial para o serviço cristão. O Novo Testamento está repleto de mandamentos recíprocos que precisam ser exercidos em um contexto de comunidade. A comunidade é a igreja de Cristo! Afastar-se da igreja realmente vai nos poupar de muito trabalho e de relacionamentos difíceis, mas não foi para isso que Deus nos chamou? (João 13.13-17). A salvação de Cristo não é para que fiquemos simplesmente esperando Sua volta, e sim para que cresçamos na prática de boas obras (Efésios 2.10). Ele nos chamou com um propósito! Inclusive, vale ressaltar que é justamente no contexto da igreja que as oportunidades de discipular outras pessoas aparecerão — e essa é mais uma das formas de serviço disponíveis. Portanto, é somente no contexto da igreja local que poderemos desenvolver completamente a missão que Cristo nos deixou. Além disso, a igreja é o local para participar da ceia e do batismo, ordenanças deixadas por Cristo para seus discípulos que precisam ser exercidas no contexto de uma igreja. Além de serem ordens do Senhor, elas são mais uma oportunidade de demonstração pública da unidade do corpo e, portanto, definitivamente fazem parte da vida do discípulo. Vemos, então que a tarefa de fazer discípulos é desenvolvida em uma comunidade. Ao longo do Novo Testamento, a igreja se desenvolve com vistas ao aperfeiçoamento dos santos (Efésios 4.11-16) e este é o lugar para o cristão estar. Porém, é importante ressaltar que não basta ser um frequentador de igreja para desfrutar dessa realidade. Apenas um membro efetivamente envolvido na vida do corpo irá viver essa realidade. Por isso, para cumprir a missão que Cristo nos deixou é essencial ser um membro ativo de sua igreja. Editorial de Tássio Cavalcante


© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.