Devedores pela graça

Atualizado: 22 de Ago de 2018

Paulo era devedor, devia a gregos e a não gregos; a sábios e a não sábios (Romanos 1.14).  Ele que foi perseguidor da Igreja de Cristo, injuriador, blasfemo:  um legalista (Filipenses 3.6, I Timóteo 1.13), agora está perdoado de seus pecados por Cristo Jesus.


Recebeu perdão imerecido de Cristo e a acolhida de irmãos que como Ananias (Atos 9.17) e Barnabé (Atos 9.27), o receberam na fé.


Esta tremenda graça de Deus que fazia o menor dos santos, Paulo, a pregar o evangelho das riquezas de Cristo (Efésios 3.8), faz cada crente, hoje, seguir anunciando estas riquezas.


Essa mesma graça que atuou em um adolescente de periferia envolvido com o submundo a arrepender-se de suas más obras as quais só o nomear é vergonha. Foi essa mesma graça que atuou neste então jovem para vencer as “esquizofrenias” de uma alma viciada pelo pecado e gozar de cura divina por meio da Palavra de Deus. Essa graça trouxe irmãos pacientes e amorosos para instruir este arrogante rapaz nas Sagradas Escrituras por horas, dias e não poucas noites. Essa graça que faz este, agora veterano, ainda ter o privilégio de anunciar as riquezas de Cristo a pobres e ricos; sábios e ignorantes; brasileiros e uruguaios.  É a mesma graça que atua em cada crente e escreve em cada convertido mais uma linda história de perdão e salvação imerecida (Efésios 1.7; 2.5,8). Essa graça atua em você, pois é impossível olharmos para o que Cristo nos deu e ficarmos calados.


Somos devedores a todo ser humano (Mateus 28.19-20) e, diante de tão grande graça, ai de nós se não anunciarmos o evangelho (I Coríntios 9.16).


Editorial do Pr.Marcelo Gonçalves



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.