Buscar

Aprendendo a esperar

Atualizado: 26 de Out de 2018

“Aguardamos pacientemente o que ainda não vemos.”

Romanos 8.25


Esperar não é fácil!

Eu tenho grande dificuldade. E é provável que você também... Uma das características do mundo moderno é a impaciência. Queremos tudo “já”. Melhor ainda, para “ontem”.


As muitas facilidades que surgem para economizar nosso tempo conspiram contra nós. Como podemos fazer as coisas mais rápido, aproveitamos para encher ainda mais a agenda de compromissos. Resultado: acabamos com menos tempo! Temos que correr e, por isso, não podemos “esperar”... Precisamos aprender a dizer “basta!”.


Saber esperar também não é popular.

Dar uma solução, ainda que um “jeito”, tem muito mais seguidores. Dizem que saber esperar é uma virtude. Mas poucos estão interessados em tê-la! E quando temos uma oportunidade de “aula prática”, reclamamos. Quem não se irritou com um “aguarde na linha que já o atenderemos”?


Mas esperar faz parte da vida.

A mãe espera seu bebê dormir. O pai espera o fim do mês para receber o salário. O filho espera as férias da escola. A moça espera pelo seu “príncipe encantado”. A mãe e o pai esperam ansiosamente pela filha voltar de uma programação à noite. Não há como escapar! Mais cedo ou mais tarde você vai ter que esperar. Haja paciência!


Esperar também é parte importante da vida do cristão!

Interessante, Deus usa isso para nos aperfeiçoar. Pense só: somos desafiados a colocar nossos pedidos diante de Deus e ... esperar Sua resposta. Por que Deus nos faz esperar? E, não se esqueça da maior de todas as esperas: aguardamos a volta do Senhor Jesus. Ah! Como seria bom se Ele voltasse... JÁ!


Esperar é preciso.

E confiamos que Deus sempre tem algum propósito para nosso bem ao nos fazer esperar. Quais seriam Suas razões? E, talvez mais importante, como podemos aprender a “esperar bem”?


Deus, por ser Deus, nunca chega atrasado ou antes do tempo! Você talvez já tenha ouvido alguém dizer isso. E é verdade! Então, a conclusão que chegamos é que o Senhor tem algum propósito quando nos faz esperar. Sabendo que nosso Pai Celestial nos ama e deseja o melhor para nossas vidas, você seria capaz de listar algumas dessas razões?

Aqui vão algumas:

  • Deus tem algo melhor para nós, que ainda não vemos.

  • Não é a “hora certa” para termos o que queremos (não compreendemos tudo que está “em jogo”; Deus tem um plano maior).

  • Falta maturidade de nossa parte para termos o que queremos, podendo até ser perigoso (mais adiante, talvez).

  • Precisamos compreender que não temos o “controle das coisas” (dependemos realmente de Deus). 

  • Precisamos desenvolver nossa paciência (esperar em paz) para enfrentarmos problemas maiores que virão.

Quando compreendemos que Deus está ativamente interessado em nossas vidas (assim como um pai sábio e amoroso participa do amadurecimento de seu filho), a difícil tarefa de “esperar” se torna, digamos, “mais suportável”. Aliás, tomamos posse de uma das mais preciosas promessas do Senhor: “a minha graça te basta!”


Esperar não é fácil! E não devemos menosprezar a aflição daqueles que passam por essa situação. Mas podemos apontar-lhes o melhor lugar para esperarmos: nos braços de Deus!


Editorial do Pr.João Pedro



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.