top of page

Atributos de Deus: Deus é Onipotente/Soberano

É fascinante observar que mesmo na cultura em que vivemos, existe um interesse nos atributos de força. Nos últimos anos, foram lançados muitos filmes de heróis e ficções que exaltam a força de seus personagens. O número de expectadores em “Vingadores” ou “Godzilla vs. Kong” é uma prova disso, nos mostrando, inclusive, como a sociedade busca e valoriza, ainda que sem saber, referências que demonstram força.


Agora, o que realmente significa onipotência? Significa que um Deus onipotente pode fazer qualquer coisa? De acordo com MacArthur, a onipotência de Deus se refere a “habilidade de fazer qualquer coisa consistente com Sua natureza”.¹ Esta definição é importante porque um poder infinito como o de Deus sem o controle de Sua natureza sábia e amorosa seria terrível, muito mais perigoso do que um “Thanos”.


Efésios 1.11b é uma passagem que nos ensina sobre a onipotência de Deus: “predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade”. Também vemos esta verdade em muitas outras passagens (Salmo 33.10, 11; Provérbios 16.9; Isaías 14.24–27), como vemos no Salmo 115.3: “No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada”.


No entanto, também é importante notar que existem algumas coisas que Deus não pode fazer, pois vão contra a Sua natureza sábia e santa. Deus não pode mentir (Tito 1.2; Hebreus 6.18); Deus não pode pecar (Salmo 11.7; Habacuque 1.13; 1 João 3.9); Deus não pode mudar ou ser mudado (Malaquias 3.6; Tiago 1.17). Alguns ao querer testar a onipotência de Deus questionam: “Deus pode fazer uma pedra tão grande que Ele não possa carregar?”. A resposta para esta pergunta é não, pois Deus faz todas as coisas consistentes com Sua natureza, e esta ação contradiz a nobre natureza de Deus de receber a glória devida em todas as coisas (Romanos 11.36).


A onipotência de Deus está intimamente relacionada à Sua soberania. De acordo com John Frame, a soberania de Deus se refere ao “fato que Deus é Senhor sobre toda a criação. Como Soberano, Ele exerce Seu governo. Este governo é exercido através da autoridade de Deus como Rei, Seu controle sobre todas as coisas, e Sua presença com Seu povo”.² Os textos citados nos parágrafos anteriores que fundamentam a onipotência de Deus também confirmam a soberania de Deus, bem como Isaías 1.24; 1 Timóteo 6.15 e Apocalipse 1.8.


A pergunta sobre como a soberania de Deus se relaciona com a responsabilidade e decisões de Suas criaturas é antiga. A Palavra de Deus revela que não existe conflito nisto. Aqui, devemos levar em consideração duas realidades. Primeira, tenha cuidado para não ser arrogante ao refletir nesta questão. Pelo contrário, devemos ser humildes e dispostos a nos submetermos ao que Deus revela em sua Palavra sobre este assunto (Romanos 9.20). Segunda, as Escrituras revelam que Deus escolheu criar um mundo onde a responsabilidade humana existe debaixo da Sua soberania. A Palavra de Deus preserva a responsabilidade humana e a onipotência divina (Gênesis 45.4–8).


E como essas verdades nos ajudam no nosso dia a dia? Quais as implicações ao crermos em um Deus onipotente e soberano?


1. A onipotência e soberania de Deus nos consola nos acontecimentos. O fato de que Deus é soberano sobre todas as coisas consola os cristãos sobre qualquer acontecimento que experimentam, pois o controle está nas mãos de Alguém totalmente sábio, santo e amoroso. Mesmo no pecado e fatalidades que ocorrem no mundo caído em que vivemos, podemos encontrar consolo ao confiarmos na soberania do Deus justo, que dirige a história para Sua glória e o bem do Seu povo (Romanos 8.28–30; 11.36).


2. A onipotência e soberania de Deus nos encoraja na oração. A onipotência de Deus é um dos principais fundamentos que encoraja o povo de Deus a orar. Oramos porque cremos em um Deus que tem o poder para agir em nossas vidas e mudar nossos corações e nossas circunstâncias. Jesus também nos encoraja a orar ao revelar a bondade e o poder de Deus (Mateus 7.11, 12).


3. A onipotência e soberania de Deus nos empodera na santificação. A onipotência de Deus é a base do poder de mudança confiado a nós na santificação. Temos confiança e trabalhamos na nossa santificação diariamente porque o Espírito Santo que habita em nós nos concede poder de Sua fonte inesgotável. Também temos a certeza de que Deus completará a Sua obra de santificação em nós por causa da Sua onipotência (Filipenses 2.13; Efésios 3.14–19).


Por tudo isso, podemos afirmar e orar juntamente com Paulo:


“Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”

(Efésios 3.20, 21)


Editorial de Leonardo Cordeiro



¹ Biblical Doctrine: A Systematic Summary of Bible Truth (Crossway, 2017).

²John M. Frame, “The Sovereignty of God,” The Gospel Coalition, accessed June 13, 2021, https://www.thegospelcoalition.org/essay/the-sovereignty-of-god/.

Comments


bottom of page