Buscar

A Palavra inspirada por Deus

Atualizado: 13 de Dez de 2019

Palavras finais, conclusivas, são muito importantes, especialmente se estas palavras são as de Pedro, o líder dos apóstolos e testemunha ocular do ministério de Jesus Cristo. Na carta de 2 Pedro, ao se despedir dos irmãos, ele nos encoraja a lembrar (1.12,13, 15) da Verdade (1.16-21).


Pedro sabia que era exatamente esta injeção de verdade que a igreja mais precisava, mesmo há cerca de 2000 anos depois desta carta ter sido escrita. A igreja hoje é bombardeada pela cultura pós-moderna que acredita que a verdade é relativa e de que não é possível determinar o significado do autor de um texto tão antigo. Porém, como veremos hoje, sabemos que Pedro e os demais escritores não são os únicos autores da Palavra de Deus. Se este fosse o caso, não teríamos a Palavra de Deus e sim palavra de homens.


Inspiração das Escrituras

A Bíblia permanece confiável e relevante hoje e sempre, porque os autores humanos foram dirigidos pelo Espírito Santo, o qual é uma das pessoas da Trindade (Deus, Jesus e Espírito Santo - Mateus 28.19). O Espírito Santo é uma das pessoas da Trindade, o único Deus verdadeiro. Isso significa que, embora a Bíblia tenha muitos autores, todas as palavras que foram usadas tiveram a direção sobrenatural de Deus ("sopradas por Deus" – 2 Timóteo 3.16). Porém, isso não significa que a Escritura foi ditada por Deus. Os autores humanos escreveram como sujeitos ativos conduzidos pelo Espírito de Deus.


Inerrância das Escrituras

Como as Escrituras foram inspiradas por Deus e Ele não pode mentir ou fazer algo errado (Jó 34.12; Hebreus 6.18), toda a Escritura é sem erro. Inerrância não significa que a Bíblia não possa ser mal interpretada, mas que, quando interpretada da maneira apropriada, buscando a intenção do autor, nunca encontraremos um erro. Inerrância também significa que a Bíblia não se contradiz. É tarefa do leitor, que deve ter fé no Deus inerrante que inspirou a Escritura inerrante, descobrir a verdade em aparentes contradições na Bíblia.


Tanto a inspiração como a inerrância das Escrituras nos dão a confiança de que a Palavra de Deus é a rocha segura na qual podemos construir nossa casa (Mateus 7.24-29). Enquanto Pedro se prepara para morrer, conforme o Senhor Jesus Cristo havia predito (2 Pedro 1. 14), ele nos relembra que a Palavra de Deus é confiável, pois não está baseada em fábulas, mas sim nos escritos e testemunhos de homens de Deus, inspirados pelo Espírito Santo.


Portanto, não existe nada mais importante do que nos lembrarmos uns aos outros das verdades das Escrituras enquanto vivemos no presente século e aguardamos a bendita esperança da vida eterna, quando enfim experimentaremos da honra e glória do nosso Salvador Jesus Cristo em Sua plenitude (2 Pedro 1. 17).


Editorial de Leonardo Cordeiro



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.