top of page

Deus Me Abandonou?

Atualizado: 7 de jun.

Você é daquelas pessoas que aprecia ficar sozinho ou sempre rodeado de pessoas? Ou aquele que é mais social e prefere sempre estar com muitas pessoas, anda em grupos, sempre com alguém por perto ou ainda aquele que é mais de ficar sozinho e evita muita exposição, festa, multidão etc? São estilos e gostos bem opostos, que se vivido de modo bem equilibrado está tudo bem. Porém, você já imaginou não ter mais Deus por perto? Não sentir que Ele está perto de você quando mais você precisa? Neste ponto nem o que vive em grupos ou o mais solitário desejariam passar por algo assim. Mas, será que é possível Deus nos abandonar em algum momento?

 

Deus Onipresente

 

A onipresença de Deus transcende todas as limitações de espaço, e Ele está presente por completo em todos os lugares. Talvez seja uma forma bem resumida de descrever este atributo tão diferente de nós, limitados no tempo e espaço. É um tanto difícil entendermos como Deus pode estar aqui, ali, lá e além de tudo que podemos imaginar e enxergar. Observe os seguintes textos:

 

“Ocultar-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja?

— diz o Senhor; porventura, não encho eu os céus e a terra? — diz o Senhor.”

(Jeremias 23.24)


“Mas, de fato, habitaria Deus com os homens na terra?

Eis que os céus e até o céu dos céus não te podem conter,

quanto menos esta casa que eu edifiquei.”

(2 Crônicas 6.18)

 

O fato é, Deus está aqui e aí onde você está. Ele enche toda a terra, Seus “olhos” não podem deixar de ver qualquer coisa. O Senhor sabe quando você sofre, se alegra, se ira, ou seja, sabe por tudo que você passou, passa e ainda irá passar. Por mais escondido que você tente ir a algum lugar, não tem como fugir de Sua presença. Deus vê os seus pecados, vê suas ações e não somente o externo, ele vê internamente, vê seu coração.

 

Deus nos conhece de perto

 

Se você acha que poderia esconder algo no mais profundo do seu ser, e nem Deus poderia ver, esqueça! Deus conhece o mais íntimo do seu ser. Saber que Deus conhece o que tem em seu coração e se importa com o que está lá, não é algo somente transcendente, mas uma maravilhosa bênção.

 

Temos o privilégio de abrir o coração ao nosso Deus, e por mais que não tenhamos condições de exprimir o que estamos sentindo ou passando, Ele sabe muito bem. O Salmo 139 exprime muito bem onde quero chegar. Observe os textos:

 

“Sabes quando me assento e quando me levanto;

de longe penetras os meus pensamentos.”

(Salmo 139.2)

 

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração,

prova-me e conhece os meus pensamentos;”

(Salmo 139.23)

 

Deus está tão perto dos Seus filhos que sabe inclusive o que se passa em suas mentes e corações a ponto de antecipadamente saber o que falaríamos. Seu cuidado com Seus filhos é algo maravilhoso como o salmista relata em todo o capítulo 139.

 

É fato que muitos de nós já passamos por momentos que não sentimos a Sua presença. Sim, é um real sentimento, porém eles são baseados em percepções e circunstâncias que não exprimem a realidade muitas vezes. E, indo por esse caminho muitas vezes achamos que Deus nos deixou ou parou de nos ouvir. Mas não é o que a Bíblia nos conta sobre como Deus cuida de nós:

 

“Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria,

que não se compadeça dele, do filho do seu ventre?

Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti.”

(Isaias 49.15)


Emanuel

 

O cuidado de Deus para com os Seus é algo incrível. Com certeza não temos ideia do tanto que Deus fez por nós até o presente momento e nem dimensionar Seu cuidado. Mas o certo é que Deus nos deu algo visível e palpável, sua Palavra. Nela encontramos a fonte de tudo que precisamos: o Senhor Jesus. Ele é o Deus Emanuel, Deus conosco, que veio morrer pelos Seus, sofrer a culpa e solidão para que os que cressem nEle não mais passassem por isto. Ele nos deu Seu Espírito, que habita em nós. Por isso, jamais estamos sem a presença do nosso Deus. Mesmo nos momentos de falhas e dúvidas Seu Espírito continua trabalhando em nós, por meio do arrependimento e restauração. Não há lugar para pensarmos que Deus possa nos deixar, nem sequer por um momento.

 

"...e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém."

(Mateus 28.20)

 

"Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos,

nem os principados, nem as potestades, nem o presente,

nem o futuro, nem a altura, nem a profundidade,

nem alguma outra criatura poderá nos separar do amor de Deus,

que está em Cristo Jesus nosso Senhor."

(Romanos 8.38 e 39)

  

Para refletir:

 

  • Por que tenho dado lugar a pensamentos de que Deus me abandonou?


  • Quais são as minhas expectativas sobre a presença de Deus? Espero que Deus aja de uma maneira específica ou resolva meus problemas instantaneamente?


  • Estou buscando a Deus em oração e em Sua Palavra? Compreendo minha dependência de Deus?


  • Quais são as minhas emoções e sentimentos? Nossas emoções podem influenciar nossa percepção da presença de Deus.


  • Estou buscando apoio na comunidade de fé? Compartilhar nossas lutas com outros cristãos e buscar apoio pode nos ajudar a fortalecer nossa fé e a ver a presença de Deus em nossas vidas.

  • Pessoas e circunstâncias podem estar te influenciando sobre como você pensa sobre Deus. Tenha certeza de que a Bíblia tem sido a sua referência sobre quem Deus é e Sua obra por você.


Editorial de William Rubial


Comments


bottom of page