O Senhor reina!

Atualizado: 27 de Out de 2018

“Reina o SENHOR. Revestiu-se de majestade; de poder se revestiu o SENHOR e se cingiu. Firmou o mundo, que não vacila. Desde a antiguidade, está firme o teu trono;

tu és desde a eternidade. Levantam os rios, ó SENHOR, levantam os rios o seu bramido; levantam os rios o seu fragor. Mas o SENHOR nas alturas é mais poderoso do que o bramido das grandes águas, do que os poderosos vagalhões do mar.

Fidelíssimos são os teus testemunhos; à tua casa convém a santidade,

SENHOR, para todo o sempre.”

(Salmo 93)


“O Senhor Reina!”, canta o salmista neste belo e curto salmo. Milhares de anos separam a experiência deste adorador com a nossa experiência hoje. Não somente isso, o contexto histórico também é totalmente diferente, enquanto o autor vivia no Oriente Médio em uma monarquia com ameaças de guerra dos povos vizinhos, nós vivemos na América do Sul em um país com relativa paz. Porém, apesar das diferenças, a afirmação do salmista permanece tão necessária e verdadeira como a primeira vez que foi cantada!


Nosso Rei é Majestoso

A primeira coisa que o salmista reconhece é que Deus é Majestoso. É impossível apreciarmos está verdade sem sermos dirigidos pelo Espírito Santo dia a dia a fazê-lo. Os problemas e dificuldades deste mundo caído acabam tirando toda a nossa atenção. Pode ser uma enfermidade, um pecado ou até mesmo o medo paralisante das eleições no nosso país.


Porém, pela fé o salmista nos ensina a orar dizendo que Deus se vestiu de majestade e poder. Sendo assim, devemos olhar para o Majestoso Rei, pois é nEle que deve estar toda a nossa contemplação. Lembre-se do nosso Rei e Senhor Jesus Cristo, que por amor deixou a Sua glória, se vestiu da nossa carne mortal, viveu de maneira perfeita e foi executado em uma cruz no nosso lugar e ao terceiro dia ressuscitou!


Nosso Rei é Eterno

O salmista também reconhece a eternidade de Deus. Apesar dos nossos medos e dificuldades, devemos nos apropriar da segurança que a eternidade de Deus nos dá, pois o Seu trono está consolidado desde sempre, independentemente do que vemos ou sentimos!

Isto é, a eternidade do Rei é louvada em como Ele age do Seu trono imutável e eterno: criou o mundo e este permanece firme desde então. Mesmo as mais poderosas águas criadas não têm mais poder que o Criador (v. 4)! Lembre-se do nosso Salvador Jesus Cristo, que quando Seus discípulos temeram pela vida quando o mar da Galileia ficou revolto, nosso Rei o silenciou com duas palavras: “Aquiete-se! Acalme-se” (Marcos 4.39).


Nosso Rei é Santo

Além de tudo, nosso Rei Majestoso e Eterno é Santo! Apesar de toda corrupção em nossa sociedade, líderes imperfeitos e decisões equivocadas, nosso Deus nos chama a santidade em nosso relacionamento com Ele (v. 5b).


Santo significa que o caráter de Deus é tão único e acima do nosso que para que alguém se achegue até Ele é necessário que se torne santo também, caso contrário seria destruído por Sua justiça. Lembre-se de que o nosso Redentor Jesus Cristo, é o grande EU SOU (Êxodo 3.14, João 4.26), o Santo de Israel (Isaías 41.14), se tornou maldito no nosso lugar, para que fôssemos adotados como filhos pela fé nEle e nos tornássemos santos ao recebermos Seu Espírito Santo (Gálatas 3.13,14; 4.6).


Portanto, seja a incerteza do futuro ou os problemas que nos cercam, devemos estar ocupados vivendo em santidade, de maneira que agrada ao nosso Rei Majestoso, Eterno e Santo. E a única forma de se fazer isso é contemplando a obra perfeita do nosso bendito Rei e Senhor Jesus Cristo todos os dias de nossas vidas, na esperança de que um dia Ele voltará, para a nossa verdadeira nação e destruirá aqueles que o desprezaram (Salmo 94).


Editorial de Leonardo Cordeiro



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.