Preocupados com o que realmente importa

Atualizado: 27 de Out de 2018

“Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti,

senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade,

e andes humildemente com o teu Deus.”

(Miquéias 6.8)


Atualmente, esta é uma das minhas passagens favoritas de toda a Bíblia, talvez pela semelhança de contexto em que este livro foi escrito, com os dias de hoje. Miquéias vivia em um ambiente onde a corrupção social e o sincretismo religioso estavam crescendo de maneira desenfreada, algo similar com o que vivemos hoje.


Tempo com o que realmente importa

Primeiramente e obviamente, um cristão deve estar preocupado com o seu estado espiritual. Isso é básico para todo o cristão. Devemos gastar tempo lendo a Bíblia e nos aprofundando no conhecimento do Senhor, afinal de contas, todos os cristãos salvos no Senhor, são chamados a terem um crescimento espiritual contínuo.


Quanto mais tempo nos ocupamos com as coisas do Senhor, menos tempo nos sobra para gastarmos com as coisas que não possuem valor. Isso não significa que não devemos nos preocupar com as demais coisas deste mundo, porém, nossas forças devem ser direcionadas ao nosso crescimento espiritual contínuo, para que tenhamos menos tempo para desperdiçar e para que cresçamos cada vez mais à semelhança de Cristo.


Infelizmente, querer estar com Deus e investir tempo conhecendo-O não é algo natural do homem. Naturalmente, somos caídos e não queremos o Senhor. Porém, alguns clamores, principalmente em Salmos, apontam pessoas que ansiavam pela presença de Deus, pelo conhecer a Deus (Salmos 42.1,2; 63.1-11). Isso deve nos encorajar a querer ter um relacionamento mais íntimo com nosso Salvador. Jesus nos ama e é Sua vontade que nos relacionemos com Ele cada dia mais. “Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33). Cristo é o que importa.


Faça o que realmente importa

“Pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus.” Eis aqui um resumo da vida cristã. Fato, é que estas três ações são consequências de uma vida alinhada com Cristo. Um cristão é caracterizado pela busca da justiça, pela benignidade e pela humildade em Cristo. Quando não há vestígios dessas características na vida de um cristão, é sinal de que ele está falhando no primeiro ponto acima: gastar tempo com o que realmente importa.


Uma vida cristã que anda humildemente com Deus, não tem tempo para vãs discussões ou qualquer outra coisa que desvie seu foco. Invista em discipulado, pessoas, evangelismo, enfim, na propagação do Evangelho.


Deus não espera de nós holocaustos como o povo questionava a Miquéias (Miquéias 6.6,7), Deus quer nossa devoção e que andemos cada dia mais com Ele. Ele é um Deus relacional, disposto a se relacionar com você e comigo, para que possamos viver a simplicidade do Evangelho, que é temer a Deus sobre todas as coisas!


Que possamos crescer cada vez mais em humildade e juntos consigamos viver humildemente na presença do nosso Deus. Amém!


Editorial de Rafael Ceron de Souza



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.