Buscar

Crescendo no Senhor

Atualizado: 22 de Ago de 2018

Qual a única maneira de evitar o retrocesso na vida cristã? Existe a possibilidade de se manter espiritualmente estático na vida do cristão? Quero abordar neste artigo o tema — Crescendo no Senhor. Todo verdadeiro cristão é alguém que deve crescer continuamente na graça e no conhecimento de Jesus Cristo.


Precisamos entender os termos para obter uma melhor compreensão do todo. Então, o que significa a palavra “crescer”? O que ela sugere primeiramente? Somos levados a pensar em algo básico. O próprio verbo crescer, a própria ideia de crescimento, nos sugere imediatamente que ser cristão significa receber nova vida.


1. Crescimento pressupõe vida.

Não pode haver crescimento se não houve nascimento, e nascimento significa trazer ou vir à vida. Assim é que, quando o Evangelho nos exorta a crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, ele pressupõe vida, nascimento. E esta vida somente pode ser concedida por Cristo Jesus “Ele vos deu vida estando vós mortos em delitos e pecados” (Efésios 2.1); “Se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3.3). Portanto, como estamos falando de uma vida, de um novo nascimento, necessariamente isso deve levar ao crescimento!


2. Crescimento é gradual.

Ninguém cresce da noite para o dia! Num momento, embrião, noutro, feto, bebê, criança, adolescente, jovem e adulto. Crescimento é algo gradual, algo progressivo, é algo que vai acontecendo através de toda a nossa vida cristã neste mundo, até finalmente chegarmos “à medida da estatura completa de Cristo” na vida glorificada que nos espera além desta. Lembro-me quando ainda adolescente, desejava ter o conhecimento de homens maduros, obter de alguma forma aquelas percepções preciosas da Palavra de Deus. Sem dúvida alguma, aqueles homens obtiveram suas percepções e experiências gradualmente. Foram construídas e adquiridas ao longo de muitos anos na presença do Senhor.


3. Crescimento espiritual é “crescer no conhecimento do Senhor Jesus Cristo”.

O que significa isso? Significa que devo desenvolver-me e crescer em meu conhecimento concernente a Cristo, assim como em meu conhecimento do que Ele fez e do que Ele trouxe a este mundo. Não apenas deter-me no conhecimento do perdão dos meus pecados e no conhecimento da salvação; devo crescer em meu entendimento e em meu conhecimento de todo o esquema, plano e propósito da salvação. Devo entender e crescer no conhecimento d’Ele próprio. Devo crescer em meu conhecimento do Senhor Jesus Cristo, pelo que me refiro à minha comunhão com Ele; o meu senso de uma relação pessoal com Ele deve aumentar. Paulo expressa isso perfeitamente e nos diz que esta era sua ambição – “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé; para o conhecer, e o poder da sua ressurreição, e a comunhão dos seus sofrimentos, conformando-me com ele na sua morte” (Filipenses 3.8-10).


Não devemos ter somente um conhecimento intelectual de Cristo, mas também um conhecimento íntimo. Você não se deve deter no conhecimento de coisas acerca de Cristo; é preciso haver o senso de um conhecimento pessoal.

Algumas perguntas para reflexão:

  • Quanto tempo tem investido em conhecer a Cristo, em quem Ele é?

  • Quanto de seu precioso tempo tem dedicado à comunhão com este bendito Salvador?

  • Qual tem sido sua verdadeira ambição?


Editorial do Pr.Fábio



© 2018 Igreja Batista Maranata. Todos os direitos reservados.